A Semana Mundial de Aleitamento Materno e os benefícios da amamentação

Amamentação é troca de amor entre mãe e bebê; é uma das belas sutilezas da natureza.

Além de ser um momento de conexão, é uma etapa indispensável para a saúde do neném. Por isso, praticar os cuidados necessários para uma amamentação saudável, tanto para a mamãe quanto para a criança, é fundamental.

Em homenagem à Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM), a Baby Dreams House consultou a diretora da Neobaby e conselheira de aleitamento materno, Denise Dapper, e preparou, junto a ela, um texto com informações sobre a importância da amamentação.

Sabemos que a amamentação não é, muitas vezes, uma experiência fácil. Existem muitas barreiras para a realização da sua prática ideal.

O aleitamento materno é um esforço de equipe, que requer informação baseada em evidências científicas e uma cadeia de apoio. Apesar dos esforços em apoiar e promover o aleitamento materno, dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que somente 40% das crianças têm amamentação exclusiva nos seis primeiros meses de vida (idade até aonde a prática exclusiva é necessária).

Por isso, a Semana Mundial de Aleitamento Materno trabalha, em 2019, com a seguinte ideia: “capacite os pais e permita a amamentação, agora e no futuro”.

A ação foi estabelecida pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e pelo UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) em 1992, e, desde então, segue conscientizando os pais com relação ao aleitamento saudável.

Ela foi criada com o intuito de debater a relevância da pauta na área da saúde e no âmbito familiar, estabelecer metas para a mulher proporcionar uma amamentação segura e encorajar a sociedade a defender a causa.

Você sabia que…
O aleitamento materno atende todas as necessidades nutricionais que o bebê precisa?

O leite da mãe é o alimento mais completo e equilibrado para a saúde do neném, combatendo, assim, a anemia e a deficiência de vitaminas, e evitando a intolerância ao glúten. Além de colaborar para a formação do seu sistema imunológico, previne cólicas e qualquer tipo de mal-estar abdominal, por ser mais fácil de ser digerido; o leite materno contém uma substância chamada PSTI, responsável por proteger e reparar o intestino dos recém-nascidos.

E não para por aí! A sucção do leite também ajuda a desenvolver corretamente a arcada dentária do bebê.

Mas o bebê não é o único que recebe benefícios com a amamentação. Ela protege a mãe de desenvolver câncer de mama e de ovário, e, segundo um estudo publicado no American Journal of Obstetrics, reduz o risco de a mulher ter alguma síndrome metabólica após a gravidez, tais como doenças cardíacas e diabetes (inclusive para aquelas que enfrentaram a diabete gestacional).

Além de evitar possíveis doenças, o aleitamento materno também ajuda no desprendimento da placenta, contribuindo para a volta do útero ao tamanho normal.

Com isso, evita o sangramento excessivo e, consequentemente, que a mãe fique anêmica. E ainda que a amamentação seja realizada calmamente, em posição confortável de repouso, ela chega a consumir 800 calorias por dia, contribuindo para o emagrecimento da mulher após a gestação. Sem dúvidas, amamentar é algo que gera sensação de realização e bem-estar nas mamães.

Para além dos benefícios entre mãe e filho(a), é interessante lembrar que o leite materno é gratuito, natural, prático e não desperdiça recursos naturais. Ele está sempre quentinho e pronto para ser transportado e ingerido pelo bebê.

Mas como ajudar a mãe a realizar o aleitamento exclusivo até os seis meses (e mantido, junto ao cardápio sólido, até os dois anos)?

Adotar uma abordagem inclusiva, que contemple os pais, parceiros, famílias, locais de trabalho e comunidade, são boas sugestões para criar um ambiente propício e permitir às mães amamentarem de forma otimizada.

Por isso, devemos ressaltar a relevância da Semana Mundial de Aleitamento Materno, contribuindo com a sua visibilidade, e continuar fazendo o possível para ajudar as mães de nosso convívio a amamentarem da melhor maneira para elas e para o seu bebê.

Denise Dapper
Conselheira em Aleitamento Materno
Diretora da empresa Neobaby Assessoria em Saúde Ltda
www.neobaby.com.br  
(41) 3348-4383 / (41) 99129-7926

Quer mais dicas sobre alimentação do bebê? Confira nosso post sobre introdução de alimentos sólidos na vida do bebê clicando aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close